domingo, 28 de maio de 2017

Boato de sequestro de crianças divulgado via WhatsApp causa 7 mortes

(NOTÍCIAS AO MINUTO)                                                                                                                              
                                   Whatsapp
 Todo cuidado é pouco com mensagens e alertas que se recebe sem fontes conhecidas no WhatsApp. E não apenas por causa de vírus ou roubo de dados. Uma mensagem falsa, divulgada em grupos de usuários do aplicativo em Jharkhand, na Índia, provocou a morte de pelo menos sete pessoas.

O texto dizia que homens estranhos estariam sequestrando crianças, como aconteceu recentemente em São Paulo. Conforme o Hindustan Times, os supostos criminosos estavam com "sedativos, injeções, spray, algodão e toalhas pequenas".

O medo fez com que centenas de homens, armados com arcos, machados e espadas, se juntassem nas ruas de Seraikela-Kharsawan e Singhbhum para caçar "homens estranhos". Mesmo que, segundo o delegado responsável pela região, Aminesh Naithany, tenha dito que "nem um único caso de sequestro de crianças foi reportado na área", como publicou o Olhar Digital.

Como apenas quatro policiais rondavam a área, eles não conseguiram conter a multidão. "Como as pessoas não são educadas, elas não conseguem diferenciar uma notícia verdadeira de um boato", declarou Naithany. A polícia informou que identificou e prendeu pelo menos 20 pessoas que lideraram os linchamentos. Os delegados da região foram suspensos por negligência.

sábado, 27 de maio de 2017

Vídeo mostra madrinha sendo molestada por sete homens durante casamento na China

 Redação/RedeTV!
                               Foto: Reprodução/Youtube
Um vídeo publicado recentemente vem deixando internautas escandalizados ao mostrar uma madrinha sendo molestada sexualmente por sete homens durante uma cerimônia de casamento na China. Nas imagens, é possível ver a jovem tentando se proteger e levantar de uma cama enquanto é tocada e empurrada pelos agressores. Outros homens aparecem rindo no fundo do cômodo. 

A gravação foi originalmente publicada na rede social Miaopai e em menos de uma semana já alcançou mais de 1,7 milhão de visualizações. Embora tenha somente dez segundos, as imagens trouxeram grande discussão sobre esse tipo de crime, que tem se mostrado recorrente em casamentos pelo país. 

Uma série de gravações tem surgido mostrando chineses abusando sexualmente de mulheres, além de "jogos sexuais" sugeridos durante as cerimônias. Em um vídeo viralizado em novembro, um casal era forçado a ter relações sexuais enquanto os convidados assistiam e aplaudiram. 

FILHA DE EDUARDO CUNHA E CLAUDIA CRUZ ATRAI MILHARES DE SEGUIDORES COM VIDA DE LUXO

 FONTE: Extra
                                   Foto: Reprodução Instagram
Aos 19 anos, Bárbara Cruz da Cunha, filha de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e da jornalista Cláudia Cruz segue normalmente sua vida de luxo apesar da prisão do pai e do envolvimento da mãe na Lava Jato (ela foi absolvida apenas num dos processos). Em seu perfil no Instagram, a estudante de Publicidade e Propaganda compartilha fotos de looks e viagens, além de visitas a restaurantes sofisticados do Rio.

Com quase 30 mil seguidores na rede social, Bárbara ou Babu, seu apelido, diferentemente dos três irmãos do primeiro casamento de Cunha mantém seu perfil aberto e faz questão de compartilhar inúmeros momentos com o namorado, o publicitário Pedro Annecchini Bleuler, sócio de quatro empresas do ramo de engenharia. A mãe coruja sempre comenta as publicações românticas da filha com corações e aplausos.

Formada pela British School, Bárbara gasta seu inglês pelo mundo e nas legendas das fotos, mesmo quando come um mero sanduíche. Uma das viagens inesquecíveis da moça foi sua visita a Barbados, em 2015. Foi no Caribe que ela e a mãe encontraram paz, três meses após a citação de Cunha na Lava-Jato, em janeiro de 2015, e dele ir à CPI da Petrobras dizer que era inocente. A jovem sequer fica em cima do muro ao demonstrar orgulho do pai: “Homem da minha vida”.

Mãe morre após saber da morte do filho em chacina em Caruaru

  

Uma mulher - de idade não divulgada - morreu após saber da morte do filho na noite de sexta-feira (26) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, a mãe já estava fragilizada e a morte pode ter ocorrido em decorrência de problemas cardíacos. Mas, a causa ainda não foi identificada.

Segundo informações da Polícia Militar, o filho, que tinha 23 anos, foi uma das vítimas da chacina ocorrida na rua Goiás , no Salgado, também na noite da sexta. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) em Caruaru. Informações do G1 Caruaru


sexta-feira, 26 de maio de 2017

Homem é flagrado agredindo mãe idosa em São Luis



Um homem foi flagrado em vídeo agredindo a própria mãe em São Luís.

O caso teria sido registrado pela própria companheira do agressor, que não concordava com a violência.

Em pelo menos três vídeos a que o  teve acesso (publicaremos inicialmente apenas um) o filho faz diversas ameaças a sua mãe e a agride com tapas, com uma pequena barra de ferro e até com o que parece ser um espremedor de alho.

Em um dos trechos ele chega a sugerir a internação da senhora – ou então sua morte.

“Ou tu fica calada, ou tu vai internada. É o que eu te digo toda hora, porque tu tá insuportável, mamãe. Ninguém te aguenta”, ameaça ele, antes de agredi-la com uma pequena barra de ferro.

Em outro ponto, ele diz que quer ficar sozinho na casa em que mora com a mãe.

“Ninguém tá te aguentando aqui. Eu quero é ficaro sozinho, eu quero é ficar só nessa casa”, diz o agressor, antes de afirmar que vai dá-la para morar com um neto, filho dele.

O caso é bem atual porque em um dos vídeos, ao ser repreendido pela companheira, ele diz que a denunciaria por corrupção e cita o caso do grampo envolvendo o presidente Michel Temer.

O blog já recebeu algumas informações sobre a identidade do agressor, mas aguarda mais detalhes antes de confirmar seu nome (e conta também com o apoio dos leitores para isso).

O caso é revoltante,  e merece intervenção urgente do poder público, antes que a senhora, vítima do próprio filho, sofra agressão ainda pior. Blog Do Gilberto Leda

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Apresentadora é interrompida por cachorro durante telejornal russo

                                                                                                                                              
                                 Foto: МТРК Мир/ Youtube
 Mais uma daquelas já comuns interrupções em telejonais ao vivo. Essa, porém, é realmente inusitada e engraçada. Um cachorro invadiu o estúdio. Parece inacreditável, mas sim… um grande cachorro invadiu o local da gravação.

O telejornal da Rússia tem uma apresentadora que, apesar do susto com o labrador preto, conseguiu se sair bem. A cena não deixa de ser bizarra, no entanto. Assista abaixo.

Enquanto a mulher lê uma demolição em Moscou, o animal aparece brevemente. Logo em seguida, ele late e a mulher se assusta.

Mesmo assim, ela tenta continuar com a seriedade do assunto, mas o cachorro subitamente sobe na bancada.

A apresentadora, então, resolve entrar na brincadeira e acaricia o cachorro. Depois, ela ainda diz que prefere gatos.
                                 (assista o vídeo abaixo)

Mãe é condenada a pena maior que réus da Lava-Jato por roubar chocolate


                                                    DR
Uma mulher presa por roubar ovos de Páscoa em um supermercado em 2015 pode ser solta em breve. É que a Defensoria Pública de São Paulo entrou com uma ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ) solicitando anulação da sentença.

De acordo com a colunista Mônica Bérgamo, da Folha de S. Paulo, a pena determinada para o crime cometido foi de três anos e dois meses, em regime fechado. Na época, ela estava grávida.

Ainda segundo a jornalista, a sentença chega a ser maior do que a dos réus da Lava Jato. É o caso do executivo João Procópio Junqueira, que teve sentença determinada em apenas dois anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro. FONTE: NOTÍCIAS AO MINUTO